Cantoria de Repente vive um dos momentos mais produtivos

-

Sextilha, quadrão perguntado, cantador de vocês, gabinete, galope à  beira-mar… são algumas das mais de cem modalidades da cantoria de repente. Uma manifestação cultural tipicamente nordestina, que assim como o Cordel, vive um dos momentos mais produtivos. O surgimento de uma nova safra de poetas e a regularização da profissão de poeta cantador de repente em 2010 tem despertado o interesse dos jovens pela arte que tem mais de 200 anos.

Além da internet com suas redes sociais, os festivais tem sido uma ferramenta importante na divulgação do repente. Com 28 anos de estrada, o repentista e mestre em Letras Português, Edimilson Ferreira, natural de Várzea Grande do Piauí, fala sobre a atual fase da cantoria e também da literatura de cordel.

Repentista e mestre em Letras Português, Edimilson Ferreira

Confira o áudio com entrevista abaixo.

No próximo sábado (20) Picos será palco de um Festival de Cantoria que acontece no Espaço Ciranda, no bairro Umari. O evento começa a partir das 20:30 com a participação de várias duplas do Piauí e outras regiões do Nordeste.