Campeonato é decidido nas cobranças de pênaltis em São João da Canabrava

-

O Palmeiras de Canabrava é o campeão do Campeonato Canabravense de Futebol Amador 2017. O time empatou com o Bahia da localidade Conceição por 1 a 1, no tempo normal e venceu por 5 a 4, nas penalidades nesta quinta-feira, (07), no estádio municipal.

De acordo com a coordenação, mais de 3 mil pessoas compareçam à final do campeonato de futebol amador. As premiações foram entregues por autoridades presentes. A competição começou em 17 de junho com 8 times inscritos.

Antes de começar a grande final, às duas e meia houve a disputa de terceiro e quarto lugares, onde a equipe do Pé do Morro venceu o time da localidade Caco do Pote, por um a zero e ficou com a terceira colocação.

A solenidade de encerramento começou às três e meia da tarde com a entrada das equipes perfiladas em campo e em seguida a execução do hino Nacional Brasileiro e o de São João da Canabrava.

O Secretário de Cultura, esporte e turismo, professor Cláudio Roberto fez um balanço e o agradecimento a todos que colaboraram com o sucesso da competição.

Compareceram ao evento, além da Prefeita Mércia Abreu, o vice, Leprinha, secretários municipais, vereadores e lideranças da região.

O jogo foi marcado pelo equilíbrio entre as equipes. O primeiro tempo foi mais de estudo, pois nenhum time queria se arriscar muito. O resultado é que o jogo ficou truncado, principalmente com as equipes disputando a bola no meio de campo.

A equipe do Bahia da Conceição aproveitou melhor as chances e abriu o placar aos 19 minutos da primeira etapa. Para o Palmeiras restava correr atrás do prejuízo. As boas chances de gol foram aparecer mais no final do primeiro tempo.

No segundo tempo, a partida continuou equilibrada, mas a qualidade técnica dos times começou aparecer. A partida ficou mais dinâmica com as duas equipes partindo para o ataque. O Palmeiras de Canabrava começou a dominar o meio de campo com muita movimentação e toque de bola dos jogadores.

E foi tocando a bola que,  aos 42 minutos, já nos acréscimos do tempo final que o jogador Carlos aproveitou um passe na entrada da grande área e acertou um belo chute de primeira para empatar o placar para o Palmeiras. Quando saiu o gol, a torcida veio à loucura e na empolgação muito jogadores reservas e torcedores invadiram o campo.

Depois do gol, a partida foi encerrada. A aflição tomou conta do ambiente. O campeão seria conhecido através da cobrança de penalidades.

As cobranças alternadas foram sendo feitas, mas na cobrança do atleta Messim do Bahia da Conceição parou na boa defesa do goleiro Juninho que vibrou muito com a defesa praticada. E quando Robinho cobrou e converteu em gol a sua cobrança, a emoção tomou conta dos jogadores e da torcida do Palmeiras, que fizeram uma grande festa no gramado do estádio municipal. O título rendeu troféu e a quantia de 3 mil reais.