DESTAQUE

Revista nacional destaca atividade de artesãos da zona rural de Jaicós

em 29 de agosto de 2018

“Fica tranquila, ele é muito mais feliz do que a gente, que tem tudo”, diz Antônia, integrante da Associação das Artesãs de Várzea Queimada, o vilarejo situado no município de Jaicós, interior do Piauí. Ela fala sobre José João, um senhor que ficou cego após uma pedrada no olho.

O povoado onde moram é um dos pontos de menor Índice de Desenvolvimento Humano do Brasil, uma região que sofre com o chamado balanço hídrico negativo – a quantidade de chuva que cai é menor do que a água que evapora, o que significa que a área está em processo de desertificação. Pouquíssimas casas possuem esgoto ou água encanada, e a terra, castigada pelo sol, não dá frutas e verduras essenciais para uma nutrição saudável. Mas, como ela mesma diz, Antônia tem tudo: força, fé, alegria, orgulho e amor pela sua comunidade.

Ela é só uma, dentre tantos que, no mês passado, receberam Marcelo Rosenbaum – editor convidado da nossa edição de setembro -, o artista Jonathas de Andrade, Aloysio Cunha de Castro (arquiteto do Atelier Oï) e a equipe da Casa Vogue para criarmos, todos juntos, a coleção de luminárias Toca de Luz. Ao compartilharem seus saberes ancestrais, nos ensinaram sobre resistência, uma lição de vida para quem vive na fartura a reclamar.

http://www.portalsaibamais.com/novo/2018/08/a-incrivel-historia-das-artesas-do-povoado-varzea-queimada-em-jaicos-que-reinventam-a-palha/